Fisioterapia Neurológica

O que é Fisioterapia Neurológica? É o conjunto de tratamentos e técnicas fisioterapêuticas usado para a recuperação de pacientes afetados por doenças neurológicas, ou seja, aquelas originadas no sistema nervoso.

  • Doença de Parkinson
  • Esclerose múltipla
  • Hidrocefalia
  • Paralisia cerebral
  • Derrame cerebral
  • Traumatismo cranioencefálico

A Fisioterapia Neurológica trata pessoas de todas as idades – adultos, crianças e idosos – por meio de aparelhos e técnicas específicas.
O fisioterapeuta neurológico atua em clínicas, hospitais e centros de saúde, além de poder atender em domicílio, cuidando de pacientes que não podem se locomover.
A sensibilidade desse profissional conta muito, assim como a sua empatia com o paciente. O desafio do fisioterapeuta neurológico começa em saber avaliar e selecionar, a partir do diagnóstico de cada doente, o melhor tratamento dentre as inúmeras técnicas e exercícios.
A responsabilidade é grande: nas mãos do fisioterapeuta neurológico está muitas vezes a reinserção da pessoa em uma vida normal, dentro das possibilidades de cada caso. A gratificação pode vir de fatos tão simples como, por exemplo, ver que seu paciente já consegue levantar um garfo e levá-lo à boca para poder se alimentar sozinho.
Além de todos os aspectos neurológicos e fisiológicos que o profissional deve conhecer a fundo, é preciso atenção também às respostas cognitivas (relativas ao aprendizado) e emocionais de seus pacientes. Essas pessoas necessitam de constante incentivo e ânimo para não abandonarem o tratamento, já que o sucesso da fisioterapia depende muito da frequência e da continuidade. Os avanços às vezes são lentos, mas sempre aparecem.
O objetivo é buscar o bem estar físico e emocional, reabilitando o paciente para que possa realizar suas atividades com o maior nível de independência possível. O que está em jogo aqui é aumentar a qualidade de vida.

Podemos listar algumas metas que fisioterapeuta e paciente devem, juntos, trabalhar para atingir:

  • Aumentar a amplitude dos movimentos
  • Normalizar a postura
  • Aperfeiçoar as habilidades cognitivas e a memória
  • Estimular atividades da vida diária
  • Promover a reintegração na sociedade
  • Prevenir o surgimento de novas doenças
  • Melhorar a força muscular, a coordenação motora e o equilíbrio

Pode-se dizer que a Fisioterapia Neurológica é um dos ramos da Fisioterapia que mais exigem vocação do profissional, pois trata de casos bastante delicados que, por sua vez, acarretam o envolvimento emocional de toda a família do paciente. Acompanhar passo a passo a reabilitação e o reaprendizado motor dos doentes é a maior gratificação do fisioterapeuta neurológico.